24 setembro, 2005

Olhar...


- Eu vou olhar nos teus olhos
e não sentir medo de te encarar,
não sucumbir aos teus desejos,
e tentar compreender o teu olhar,

- Quero sentir na pele este frescor,
perfume, sedução que te faz corar,
como num jogo fazer amor,
por esse seu corpo eu me entregar,

- Viver o bastante distante de ti,
dias tão longos, noites sem fim,
realidade me faz cair em si,
impossível uma paixão assim,

- Amor que te afasta sem pedir,
Saudades toda hora a te lembrar,
nocauteia-me, voce jura fingir,
mas por dentro sofre por não me amar....

5 Comments:

Blogger Patty said...

Acabei de escrever algo sobre o amor tb..mas essa poesia tá bela demais...e o q é esse ultimo verso? Caraca( a vontade foi dizer um palavrão,mas não fica bemné? rsrsr) muito bom...Posso copiar? Bjs

00:45  
Anonymous Edson Marques said...

ComCleto,

Quero te convidar para um café. Ou um vinho. Quero conversar sobre as lembranças que temos dos nossos pais. As que temos e as que já perdemos...


Mande-me um e-mail, com teu telefone.

Abraços, flores, estrelas.

01:17  
Anonymous aNNaFLaVia said...

Putz!Que perfeito.
Gostei muito do que vc escreveu.E o post anterior"outono" mto massa tbm.
Bjs pra ti!!

02:39  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

"sofre por não me amar"....isso é sofrimento demais....
amor deveria trazer alegria,felicidade,mas sempre vem acompanhado de dor, que coisa né??
lindo findi meu querido!!!!!!
fica bem!!!
beijosssssssssssss

18:40  
Anonymous Lidiane said...

Adoro compreender olhares.
A.d.o.r.o!

22:31  

Postar um comentário

<< Home

online