29 setembro, 2005

Desarmamento, diga NÃO!!!!



- Sou totalmente a favor da PAZ, mas não é desta forma que a alcançaremos. Quem porta arma não são pessoas de bem, são na maioria marginais, bandidos, e por causa da nossa lei, tão "paternalista", esses mesmos bandidos não vão nem se comover, ao contrário, vão dar parabéns aos idealizadores dessa campanha, pois ficarão mais a vontade para barbarizar o povo. As armas que querem tirar da população, são revólveres inofensivos comparados ao poderio bélico que se encontram na mão dos bandidos, que não são vendidas aqui, vem contrabandeadas e servem somente aos interesses dos chefões (que financiam a droga) e das fábricas nos EUA e EUROPA.
- Se amanhã, aprovarem no CONGRESSO NACIONAL, uma lei que puna de forma enérgica, sem concessões, sem "habeas corpus", que a pena minima seja acima de 10 anos, para "todos" que portarem uma arma no país, então eu direi sim, mas, se for para fazer igual a lei dos crimes hediondos (a melhor que já tivemos), que já se falam em diminuir as penas, é melhor deixar assim mesmo. Eu nunca andei armado, eu nunca dei um tiro, eu nunca matei. Eu respeito as Leis.

25 setembro, 2005

Ilusão...

- Pela última vez olhei o portão,
na esperança de te encontrar,
como sempre foi em vão,
voce procura me evitar,
não querer viver uma paixão,
não há razões para explicar,
se esconde atrás de uma ilusão,
simplesmente joga tudo pelo ar,
não vou esperar pela sua indecisão,
quero ser feliz, viver, sonhar,
encontrar a alma gêmea deste coração,
que um dia voce foi a escolhida para
compartilhar...


24 setembro, 2005

Olhar...


- Eu vou olhar nos teus olhos
e não sentir medo de te encarar,
não sucumbir aos teus desejos,
e tentar compreender o teu olhar,

- Quero sentir na pele este frescor,
perfume, sedução que te faz corar,
como num jogo fazer amor,
por esse seu corpo eu me entregar,

- Viver o bastante distante de ti,
dias tão longos, noites sem fim,
realidade me faz cair em si,
impossível uma paixão assim,

- Amor que te afasta sem pedir,
Saudades toda hora a te lembrar,
nocauteia-me, voce jura fingir,
mas por dentro sofre por não me amar....

21 setembro, 2005

Outono

- Final de outono,
as folhas já não caem,
geadas congelam a relva,
o inverno a alma cala,
vem a primavera,
e o que cai é uma lágrima,
que desce pelo meu rosto,
sem sal, sem gosto,
igual ao outono,
agora são duas, três,
e não consigo controlar,
choro por ter que conviver
com essa sensação,
de que na primavera,
as flores não se abrirão,
apenas lágrimas brotarão....

Karen, 19 anos.......

- Estou de novo aqui, ainda sem ter o que escrever. Meu final de semana foi um dos piores da minha vida. Quando atropelamos a ordem natural de nossa existência, presenciar um pai enterrar um filho é doloroso, mas quando se trata de seu irmão e é sua sobrinha, de apenas 19 anos, com muita vida pela frente, voce fica totalmente sem rumo. Perdi minha sobrinha Karen, vitima de uma leucemia, que a levou tão rápido quanto a sua vida. Da descoberta (por acaso) em maio até o seu falecimento na sexta feira, dia 16, foram apenas 04 meses, de dor, de luta, de superação, e principalmente, de uma pessoa que não queria morrer, lutou pela vida até o fim. Karen, 19 anos, viveu intensamente, amou e foi amada também.
- Um beijo do tio Luiz.

16 setembro, 2005

Rio...

- Rio de Janeiro, Fevereiro e Março.....
Cristo Redentor nosso Pai, emoldura a
paisagem da cidade maravilhosa com
sua grandeza.

14 setembro, 2005

Vazio..

- Tudo o que sinto agora
é um imenso vazio,
não atino coisa com coisa,
apenas espio,
nossa foto sobre a mesa,
uma recordação da chama acesa,
que se perdeu na incerteza,
resta apenas eu sem voce,
só o vazio......

12 setembro, 2005

Sua falta..


- Sinto o seu perfume pela casa a rodear,
vem junto com a brisa meu sonho acalentar,
Saudades de seus beijos,
morangos na minha boca a adoçar,
sinto falta de seu sorriso e seus
lindos olhos a me fitar,
duas estrelas brilhantes,
que me levam a enamorar,
sinto falta de voce,
a tua mão a me acariciar,
teus cabelos negros a roçar meu rosto
e no teu ombro me encostar,
sinto sua falta.......

10 setembro, 2005

Delírios

- Existem coisas que entramos em sintonia, um sorriso, um afeto,
um olhar apenas sem notar, uma palavra doce voce me diz, um encanto te faz feliz,
- Quando me toca, na mão, no ombro, ou qualquer lugar, seja num pequeno gesto ou
num simples esbarrão, meu corpo arde paixão,
- Te sentir me faz vibrar, dentro tudo a revirar; nos perdemos ao se distanciar,
quando voce fecha o portão, e eu louco a te espiar,
- Último adeus ou apenas um tchau, seus olhos a me procurar, como que um beijo sem tocar,
nossas bocas sem se encontrar, apenas um olhar,
delírios de um amor sem se falar.........

07 setembro, 2005

Pena

- Vagando pela internet, lendo tudo, voce as vezes se depara com alguém que escreve textos belissimos, vale a pena entrar e ler o texto abaixo..... (click no título)

- " Eu não sou do tipo que diz “a fila anda”. Outros homens tem aos montes mas meu coração não é um guichê. Ele fica vazio sim. Aqui quem anda sou eu. Aliás, vôo. Eu sempre fui mais longe que você, que pena. Estou indo outra vez. "

São Tomé

- Esta semana a imprensa noticiou o que todo mundo já sabia. Aquele senhor que por muitos anos invadiu nossas casas com aquela cara de pau, com aquele ditado horroroso "rouba, mas faz", "estuprar pode, matar não", inventando inclusive o verbo "malufar", corruptela de roubar, parece que desta vez não escapa de acertar as contas com a Justiça, ainda que tardia. Não vejo a hora dele e de seus asseclas dividirem uma cela (se bem que acho difícil de acontecer), mas, agora parece que as provas são suficientes. Um dia a casa cai, não há mal que não se esconda por muito tempo. Que a cadeia lhe faça bem, e como dizia São Tomé, SÓ ACREDITO VENDO.

05 setembro, 2005

Sangue frio

- Desligue a bomba antes que tudo voe pelos ares.
click em sangue frio e divirta-se.

04 setembro, 2005

Flores

-QUANTAS FLORES EU TE DARIA,
SE A ETERNIDADE A MIM PERTENCESSE,
E EM TODAS PRA TI EU LEVARIA,
O MEU AMOR ENQUANTO VIVESSE,

TODO DIA PERFUME DE TI EU COLHESSE,
JARDIM DA MINHA VIDA TU SERIA,
MAS DE TUDO O QUANTO EU QUERIA,
QUE SEU AMOR POR MIM FLORESCESSE,

TÃO QUÃO PERFEITA É A ROSA,
DOCE PERFUME QUE EXALA DO CAMPO,
MAS PERTO DE TI MINHA CHEIROSA,
SÓ VOCE TEM ESTE ENCANTO.
online